terça-feira, 2 de outubro de 2007

NOVOS SITES SOBRE A DIVIDA EXTERNA PORTUGUESA

Estes sites tem informações que corroboram e confirmam tudo que já foi dito !!!!!!!!

http://www.nationmaster.com/graph/eco_deb_ext_percap-economy-debt-external-per-capita


http://www.nationmaster.com/graph/eco_deb_ext-economy-debt-external

5 comentários:

Savonarola disse...

Caro Ramiro,
Em primeiro lugar, venho agradecer-lhe a sua visita ao meu blog. Em segundo lugar, quero felicitá-lo pelo seu blog, com informações tão significativas sobre o actual estado das coisas em Portugal.
É escandaloso o que refere e surpreende - ou talvez nem tanto assim... - que governo e media se calem perante este quadro tão negativo. Na minha modesta opinião, o governo está empenhado em ocultar a verdadeira face das finanças públicas, para poder levar a cabo as suas obrigações de controlo do défice público para com a UE. Portugal escravizou-se aos ditames de uma Europa que, ainda por cima, não vive com as nossas dificuldades.
A propaganda governamental, que passa também por ocultar aos media o verdadeiro estado da nossa economia, prefere delimitar a liberdade de expressão a deixar a sociedade viver em plena democracia.
Democracia?! Hoje vivemos em plena autocracia!
Saudações cordiais e solidárias

al cardoso disse...

A dar credito as sondagens, nao me parece que a maioria esteja muito interessada, infelizmente!

Bem haja pelas visitas

Gisele Claudya disse...

Oi, Ramiro. Então vc é brasileiro, né? E está no país que eu amo: PORTUGAL. Já morei aí. Depois eu te conto minha história.
Adorei te conhecer.
Beijinhos

Beezz disse...

Caro Ramiro, isto assim não vai longe, mas quantos mais formos a denunciar, a não nos calarmos poderemos fazer a diferença...

A MIM NINGUÉM ME CALA!!!

ABRAÇOS DO BEEZZ

Anónimo disse...

Santa ignorância.

Não devemos falar sobre o que desconhecemos!

http://pt.wikipedia.org/wiki/D%C3%ADvida_externa

Também é importante tentar perceber as coisas. Caso contrario 'A culpa é dos políticos' frase comummente usada pelos ignorantes.